CALCAREA CARBONICA










O Carbonato de cálcio se encontra sob as mais variadas formas na natureza, tanto no reino mineral, animal ou vegetal. O Cálcio é encontrado em forma combinada na natureza, como fosfato, carbonato, sulfato e fluoreto. Nos vegetais em forma de oxalato, nos animais de carbono e fosfato. Forma as carapaças (conchas) dos moluscos e crustáceos e os esqueletos dos animais. Entra na formação dos mármores, gesso, giz etc. É insolúvel na água pura  e no  álcool, dissolve-se em solução de ácido carbônico.
Prepara-se o medicamento triturando a camada média da ostra onde Hahnemann pensava encontrar o cal perfeitamente puro, o que não era real. O remédio obtido desta forma contém uma grande quantidade de carbonato de cálcio e de outras substâncias orgânicas. Foi por isso que Hering propôs a mudança do nome de Calcarea carbonica para Calcarea Ostrearum.
*De qualquer forma este medicamento é um dos grandes policrestos, estando indicado em inúmeras enfermidades e só cedendo o primeiro lugar em importância para Sulphur  ( D. J. A Lathoud).

Ação Geral Do Medicamento

Por efeito do seu radical Cálcio o remédio tem ação profunda nas trocas intersticiais* dos tecidos, na esfera vegetativa, na nutrição dos leucócitos, no desenvolvimento dos ossos e medula, no aumento dos líquidos do organismo (Dr. Mouezy – Eon em “As Doutrinas da Homeopatia” pg. 239).

Calcarea Ostrearum ou Carbonica afeta profundamente a nutrição geral, sendo ativo sobretudo nos períodos e circunstâncias da vida nas quais o organismo é submetido a uma atividade mais intensa e é quando a nutrição é realmente fundamental: na infância, juventude e puberdade; na mulher e sobretudo durante a menopausa e no idoso. O idoso poderá encontrar neste medicamento um meio de diminuir o desperdício e melhorar a reconstituição. É um dos principais modificadores terapêuticos para todas as idades, mas sobretudo, indispensável na infância (Espanet).
Tem a ação marcada sobre o tecido ósseo, cujo desenvolvimento preside com Calcarea Phosphorica e Calcarea Fluorica. Calcarea carbônica tem a capacidade de produzir exostoses * o que provém da irregularidade da distribuição do cálcio nos diferentes aparelhos, já que pode estar acumulada em um local e quase ausente em outro; alguns podem estar cartilaginosos a ponto de se deformar pela falta de calcarea Ostrearum e em outros terrenos grandes formações ósseas sólidas pelo seu acúmulo (James Tyler Kent).
*Exostoses:  Expor-se constantemente a temperatura baixa e água fria pode causar um crescimento anormal no osso do canal auditivo.

O termo médico para o crescimento desse osso é exostose, mas é também conhecido como doença dos esportistas náuticos. Esse termo é utilizado pelo fato de que a maioria dos casos de exostose é proveniente de exposição à temperatura baixa, sobretudo, atividades esportistas náuticas em água fria, sobretudo água fria. Contudo, não é somente esse grupo de esportistas  que sofre com esse problema, praticantes de esporte como esqui, caiaque,pescaria, mergulho e outros tipos de esporte, em que há exposição à  baixa temperatura e água fria, podem também vir a adquirir exostose.

Tal exposição provoca um crescimento no osso no canal externo do ouvido, o que é importante salientar que, a exostose não é em si prejudicial, no entanto, a pressão no canal auditivo, provocada por ela, vai aos poucos dificultando a drenagem da água, da cera e de outros resíduos que vão lentamente  se acumulando dentro do ouvido. Dores e infecções constantes chegam a causar perda auditiva e quando não é feito um tratamento adequado, o crescimento do osso pode causar um grande obstáculo no canal auditivo.
www.port.hear-it.org/Exostose-crescimento-osseo-anormal-


Tem ação menos importante sobre o tecido linfóide; experimentalmente sobre sua influência, os gânglios se hipertrofiam, inflamam e supuram, sobretudo os cervicais e mesentéricos. É uma característica do remédio, escreveu Kent, afetar os gânglios de todo corpo, principalmente os do percoço e abdômen; eles endurecem, inflamam, tornam-se dolorosos e dão a impressão de grandes nódulos tuberculosos. Calcarea ostrearum é útil na formação dos tubérculos, degenerações, endurecimentos e calcificações ganglionares.
Age nitidamente na circulação. Quando os sais de cálcio solúveis são introduzidos no organismo, mostram uma ação quase específica no músculo cardíaco aumentado o vigor e o tempo da contratação, enquanto que a dilatação é retardada. Os vasos também se contraem e a pressão sanguínea se eleva; ao mesmo tempo a coagulação sanguínea aumenta.


Constituição e Temperamento


“O Cálcio, graças à sua afinidade pelo sistema linfático, preside a função anabólica, e forma constituições com o esqueleto largo e de tamanho pequeno. Produz o temperamento linfático e conseqüentemente seus defeitos.
Quando se fecha dentro dos limites do seu equilíbrio não chega ao entorpecimento funcional, aos transtornos da nutrição que leva à decadência e produz então um dos tipos mais belos de sintomas mentais: assimilação de todas as idéias que o mundo lhe sugere, poder de organização lógico, generalização vasta, julgamento equilibrado, que formam as grandes inteligências” (As Doutrinas da Homeopatia pg. 132 Dr. Mouezy-Eon).

“Tecidos moles e inchados, pele fresca e úmida, principalmente nas extremidades, pés e cabeças.
O Esqueleto tem dificuldade de se formar, desenvolve-se em largura e não em altura e profundidade. Fronte e dentes largos, muito brancos, dedos fortes e curtos com as pontas quadradas.
O cérebro tem relação imediata com o sistema sensorial; a assimilação e o trabalho intelectual são fáceis, bom senso de associação lógica e matemática; é precavido, frio e tenaz. É um realizador mas não sabe executar; se as circunstâncias não o ajudarem e se seu cérebro não puder se exprimir dentro da realidade, demonstra com facilidade uma neurastenia cerebral, idéias obsedantes, teme enlouquecer; tem alucinações sobretudo no crepúsculo (Dr. Mouezy-Eon em As Doutrinas da Homeopatia, pg. 240).”
Calcarea Ostrearum afeta profundamente a nutrição sobretudo durante o crescimento onde preside o desenvolvimento dos ossos e tecidos. Alguns indivíduos jovens têm uma inaptidão especial para assimilar a cal alimentar necessária para o desenvolvimento harmonioso e a boa nutrição do organismo, principalmente do tecido ósseo; apresentaram sintomas de raquitismo, os ossos se desenvolvem mal e tardiamente, com um estado linfático marcado se manifestando por adenopatias múltiplas.*

*O termo adenopatia é utilizado para designar o aumento do tamanho de algum dos numerosos gânglios linfáticos distribuídos ao longo do organismo. Trata-se de pequenas formações de tecido linfóide intercaladas no seu trajecto por uma ampla rede de finos vasos, encarregues de drenar o espaço intercelular de todos os tecidos do corpo – os vasos linfáticos -, que recolhem o excesso de líquido, as impurezas e todas as partículas estranhas presentes nos interstícios tecidulares. Os gânglios linfáticos têm precisamente essa função, ou seja, eliminar as impurezas e, sobretudo, destruir os microorganismos presentes, impedindo assim a sua passagem para o sistema vascular e a sua distribuição por todo o organismo. São constituídos por abundantes glóbulos brancos, encarregues dessa função.





Enquanto o sistema ósseo se desenvolve tarde e irregularmente, as partes moles exageram no seu crescimento temos então a tendência para obesidade nas crianças e nos jovens.

Calcarea Carbonica transpira facilmente, mas as transpirações são parciais; suores profusos na cabeça em crianças de cabeça grande e com fontanelas que tardam para fechar. Transpiração no couro cabeludo.
Em Calcarea são muito comuns as irregularidades circulatórias, aparecendo todos os tipos de congestões. Migrações do sangue na cabeça, “pés frios com cabeça quente”, sensação de congestão no peito. Determina um estado de pioemia com abscessos nos músculos profundos. Atua sobre supurações fazendo reabsorver o pus.
Calcarea Carbonica tem grande tendência à formação de pólipos nas orelhas, nariz, bexiga, vagina etc.
A influencia deste medicamento na esfera vegetativa é que o eixo de sua ação está na nutrição imperfeita, nos gânglios linfáticos, bem como em todo o sistema linfóide, ossos, circulação e pele. Calcarea afeta profundamente a nutrição do organismo, causando, desta forma, uma nutrição imperfeita, particularmente nas crianças em fases de crescimento, quando ocorre o desenvolvimento dos ossos e de outros tecidos.
Calcarea é de constituição gorda com tendência a obesidade. Pele é clara lembrando o carbonato de cálcio.
Disposição à apatia principalmente em crianças que apresentam movimentos lentos, lerdos e preguiçosos com intrínseca manifestação de debilidade. Fadiga após executar qualquer tipo de exercício (Característica do Medicamento). Falta de resistência imunológica.
Os gânglios são duros, hipertrofiados; o abdômen distendido e grande, especialmente nas crianças. Tecidos edemaciados e flácidos, com pele fria e úmida.
Esqueleto de difícil formação, desenvolve-se largamente, dentes quadrados e largos (claros como giz)
A atividade intelectual e a assimilação são fáceis, rápidas e ágeis. Auto grau de associação lógica e matemática, seu cérebro está em conecção direta com seus sistemas sensoriais, vontade previsora; fria, premeditada, potente, tenaz. É um grande idealizador, porém não sabe executar. Quando não chega a concretizar algo e seu cérebro não pode expressar-se na realidade, demonstra facilmente neurastenia cerebral tendo idéias obsessivas. Teme ficar louco: tem alucinações principalmente ao anoitecer.
Certos indivíduos tem “incapacidade” para assimilar o Carbonato de Cálcio, produto imprescindível para o desenvolvimento do tecido ósseo, aparecendo portanto os sintomas do raquitismo: os ossos desenvolvem-se tardiamente e mal.
Calcarea Carbonica transpira facilmente. Tem pés frios e úmidos, sensação como se tivera colocado “meias frias e molhadas”. Lateralidade direita.
Calcarea Ostrearum agrava pelo frio, constantemente todas as formas de frio o agravam: sensível às mudanças do calor para o frio raramente conseguem aquecer-se. Também agrava pela atividade intelectual e física, é um apático por falta de resistência e energia vital. (Falta de Calor Vital)



Imagem do Corpo e Relação com o Mundo De Calcarea Carbonica


Produzindo a nível experimental um quadro de má absorção do cálcio este medicamento de tão freqüente indicação na criança, só permanece o simillimum daqueles que representam realmente o tipo sensível, claramente identificáveis através de referências morfológicas, fisiopatológicas e psicopatológicos.
Os sinais patogenéticos de Calcarea Carbonica testemunham um modo particular de construção do corpo:
  • Lentidão da calcificação (fechamento tardio das fontanelas, incurvações ósseas), transpirações noturnas da cabeça e a pele com uma palidez cor de giz.
  • Tendência às afecções tórpidas (adenopatias) ou à repetição (otites, eczemas, distúrbios digestivos).
  • Excesso de peso, friorento, com suores ácidos. lentidão do crescimento (talvez relacionado com uma leve deficiência da Somatomedina IGF 1 )*
  • Lentidão de todas as aquisições: despertar sensorial, posição sentada, de pé, equilíbrio, andar.
A Morfologia é a de uma criança pálida, gorda e bochechuda, ventre distendido, às vezes um pouco inchado, diz-se pois ele é mais gordo do que firme, calma, doce, fatigável e pouco esperta com gestos lentos.




*TERMINOLOGIA

Somatomedina


É uma pequena proteína, produzida e secretada pela glândula hipófise anterior. Durante a fase de crescimento, sob ação deste hormônio, quase todas as células aumentam em volume e em número, propiciando um crescimento dos tecidos, dos órgãos e, consequentemente, o crescimento corporal.
Alguns de seus principais e conhecidos efeitos nos tecidos são:
Aumento na síntese proteica celular - Isso ocorre porque o hormônio do crescimento aumenta o transporte de aminoácidos através da membrana celular, aumenta a formação de RNA e aumenta os ribossomos no interior das células. Tudo isso proporciona, nas células, melhores condições para que as mesmas sintetizem mais proteínas.
Menor utilização de glicose pelas células para produção de energia - promove, assim, um efeito poupador de glicose no organismo.
Aumento da utilização de gordura pelas células para produção de energia - ocorre, também, uma maior mobilização de ácidos graxos dos tecidos adiposos para que os mesmos sejam utilizados pelas células. Uma consequência disso é a redução dos depósitos de gordura nos tecidos adiposos.
Devido aos efeitos acima citados, observa-se um importante aumento na quantidade de proteínas em nossos tecidos. Em consequência do aumento das proteínas e de um maior armazenamento de glicogênio no interior das células, estas aumentam em volume e em número. Portanto observamos um aumento no tamanho de quase todos os tecidos e órgãos do nosso corpo.

pt.wikipedia.org/wiki/Hormônio_do_crescimento


*O hormônio de crescimento humano estimula a secreção de hormônios peptídicos produzidos no fígado conhecidos como somatomedinas. Estes hormônios estão envolvidos na formação da cartilagem e colágeno, no metabolismo da glicose e transporte de aminoácidos. A somatomedina C (IGF-1) é influenciada pela atividade do hormônio do crescimento. Assim, a dosagem do IGF-1 fornece informações sobre a quantidade de hormônio do crescimento presente. Este teste também é útil na monitorização da resposta do paciente ao tratamento com hormônio de crescimento em nanismo de origem hipofisária e avalia a gravidade da acromegalia.

www.medicamentosesaude.com/exames-de-endocrinologia-somatomedin...


Calcarea Carbonica aborda o mundo exterior com “lentidão e temor” (seus sinais característicos, através de um corpo com formas arredondadas que adquire o valor de “uma casca protetora”. Os comportamentos de regressão neste tipo de criança, se produzem em caso de frustração afetiva (separação, abandono, falta de amor) real ou simbólico ou de clima de insegurança (modificação do meio). Observa-se então os clássicos comportamentos de fechamento sobre si, sucção do polegar, enurese, atitudes em “bola” , “lembrança simbólica da posição fetal.
A bulimia mais freqüente no estado de latência* pode ter o sentido de uma reivindicação oral mas não de uma afirmação de si, pois ela representa apenas uma procura muito elementar e mesmo “arcaica” de reforçar suas defesas, então simultaneamente de se proteger e de limitar seu ímpeto evolutivo.



Cem anos se passaram desde a descoberta freudiana acerca da sexualidade infantil, todavia esse ainda é um tema controverso. A proposta de que a criança é, antes de um ser puro, alguém dotado de desejos e conflitos ainda enfrenta dificuldades de compreensão na sociedade contemporânea.Entre os conceitos abarcados pela teoria da sexualidade infantil está a Fase de Latência, que se caracteriza primordialmente por um período, ou ainda, um intervalo no desenvolvimento da sexualidade.O que é latência?A palavra latência significa o estado daquilo que é latente, que, por sua vez, significa algo que não se vê, que está oculto, ou ainda, que está subentendido, dissimulado. É o tempo que se estabelece, por exemplo, entre um estímulo e uma resposta. Podemos entender assim porque a fase de latência pode ser considerada, antes de qualquer coisa, um intervalo.Quando se dá a Fase de Latência?A fase ou período de latência está localizado entre as fases fálica e genital, ou ainda entre a organização sexual infantil e adulta, e compreende uma diminuição do que se pode chamar de atividade sexual. Cronologicamente, esse período localiza-se aproximadamente entre os seis e dez anos de idade.O início desse período é mais tenso e conflituoso que sua finalização, uma vez que a criança vai, aos poucos, interagindo melhor com o mundo que a cerca. Ou seja, a fase de latência corresponde a um aumento gradual no tempo de espera pela satisfação dos desejos da criança. Esta aprende, a partir das frustrações, que nem sempre será imediatamente satisfeita e que isso é importante para que possa se relacionar com outras pessoas. 




www.brasilescola.com/psicologia/a-fase-latencia.htm




Calcarea Carbonica se encaminha a um morfotipo brevilíneo *, braquicéfalo* com membros curtos, mãos largas, dedos curtos e quadrados, que o adolescente tem de si mesmo, quando o tipo sensível é particularmente nítido: limitado no tamanho , na presença, na elegância e na facilidade.


adj. Diz-se do indivíduo cujo corpo é mais baixo e largo do que o padrão normal.
Que possui fios ou linhas de tamanho ou dimensão curta. 
s.m. O indivíduo assim constituído.
(Etm. breve + lineo)

Sinônimos de Brevilíneo

Sinônimo de brevilíneo: braquimorfo

Antônimos de Brevilíneo

Antônimo de brevilíneo: longilíneo


Significado de Braquicéfalo:

Crânio largo, diâmetros ântero-posterior e transverso quase equivalentes 
braqui = quadrado

O Jovem pode verbalizar com humor ou tristeza este sentimento de um corpo que tem falta de altura, de flexibilidade e de rapidez; porém pode também concentrar nele uma espécie de decepção e fixar suas angústias com  risco de aumentar até atingir a obsessão a menor anomalia, o menor disfuncionamento: o corpo limitado morfologicamente tornou-se o corpo limitado em credibilidade.


Este medicamento de indicação tão freqüente na primeira infância, guarda uma forma de reflexo pelo resto da vida.

A Criança de Calcarea Carbonica


Para aqueles que não acreditam que cada um tem seu próprio universo e que o Homem é apenas fruto de estímulos ambientais, bastaria o exemplo de uma criança calcarea carbônica para que esta teoria comportamental viesse abaixo.
Como explicaríamos o fato de uma criança de 3 anos que, ao ganhar um saco de balas, em vez de chupá-las de uma só vez (como seria de se esperar devido a gulodice dessa idade), guarda as balas, economiza mesmo que você assegure que quando acabar irá ganhar mais, desembrulha apenas uma, chupa um pouquinho e depois volta a embrulhá-la, guardando para depois. Ou ainda ao ganhar um dinheirinho de seu padrinho, em vez de gastá-lo com figurinhas, gibis, chicletes etc., num primeiro momento segura o dinheiro como que um “rolinho” apertado entre as mãos, como que com medo que ele possa escapar, depois guarda-o arrumadinho em sua gaveta e tem um certo prazer ao olhar o valor economizado; quando questionada por que quer guardar, responde com autoridade: “Guardo porque mais tarde posso precisar, e aí, já tenho”. Não chupa sorvetes na frente das visitas, para não ter que dividir, espera até elas irem embora.
Este medo de “infortúnio”, este pressentimento ruim faz deste “policresto” um medicamento forte desde a infância; crianças impressionáveis com desgraças apresentadas no jornal da TV, fala sobre o assunto não pela  compassividade forte como em “Phosphorus”, que sofre pela dor alheia; mas por medo que o infortúnio se aproxime de si, temem “psoricamente” que algo de mal lhe aconteça.
Calcarea Carbonica teme ficar pobre, teme uma desgraça.
São crianças que acumulam também a gordura, pois são obesas, lentas, guardam até suas fezes(obstipadas); cheias de medos durante à noite; quando tais fantasias de infortúnio tomam corpo, transpiram muito na cabeça (a fronha, no outro dia, está toda molhada); quando bebês apresentam crostas lácteas e dentição difícil, têm cãibras nos membros, humor chorão; são egoístas, friorentas, preguiçosas, obstinadas, pão – duras e gorduchas.  

Criança friorenta com suores ácidos, predisposto às vegetações adenoidianas e à hipertrofia das amídalas, apresenta espasmos, ranger de dentes durante o sono, temores noturnos. Ela é impressionável, mas inquieta do que seduzida pelos contos de fada e relatos fantásticos.
É característica uma certa lentidão no pensamento e na ação. Por isso, a criança começa a falar mais tardiamente. Na idade escolar, podem aparecer distúrbios pelo fato de a criança ficar horas a fio ocupada com livros. Muitas vezes a lentidão a aprender não se deve à incapacidade intelectual, mas a que não podem ir adiante até não terem elucidado completamente a fase precedente: é sua “necessidade de estabilidade interior” que condiciona esse modelo de aprendizagem.
Há uma tendência natural nos carbônicos para estrutura e para ordem. Sentem-se bem e seguros num “universo ordenado”, tanto no interior quanto no exterior. Se não encontram, criam-no. As crianças brincam sozinhas gostam de jogos de construção e arrumam os objetos durante as brincadeiras.
São muito tímidos, intimidados pelo primeiro contato com pessoas novas ou por situações novas, e tanto a criança como o adulto são introvertidos. A criança se esconde atrás da saia da mãe ou se retrai num canto; mas, uma vez acostumada com as pessoas, é uma companheira cheia de simpatia e disponibilidade.
O comportamento exprime sempre certa retração nos relacionamentos, sem efusões ou excessos; gosta da companhia, é sociável, mas, quando trabalha, prefere fazê-lo sozinho por si mesmo.
Há ainda certo charme no Carbônico equilibrado, que o torna um narrador preciso, embora não inflamado, e um excelente “camarada”.

Sintomas Mentais

Tudo está bem até que se desequilibra. Então paradoxalmente, há uma reviravolta surpreendente em sua mente e comportamento. O tímido surta em cólera, o trabalhador consciencioso e disciplinado torna-se totalmente indiferente à idéia do dever. A criança sociável e calma ou o adulto assentado tornam-se vítimas de ansiedades e medos, que podem levá-los à idéia de suicídio.
Calcarea Carbonica é o medicamento com maior quantidade e diversidade de medos na Matéria Médica, comparado com Arsenicum, predominando a ansiedade por antecipação, o tema de morte e das doenças. O objeto do medo pode ser variado, pessoal. Essa é uma manifestação de sua ansiedade profunda, que continua no sono, no delírio e nas alucinações:
Medo de Doenças infecciosas,micróbios, contágio, doenças epidêmicas, doenças do coração, loucura, medo de alguém observar sua condição deplorável; medo da morte.
Medo Antecipatório: algo ruim, horrível ou triste que pode acontecer, medo de infortúnio. É muito sugestionável, e, por isso, profundamente afetado, agravando por más notícias, ao ouvir histórias tristes ou de injustiças. Sensível e afetado ao ouvir relatos de crueldades.
Medo de ratos, insetos, etc.
Medo ao anoitecer, exaltação das fantasias à noite, medo no crepúsculo, terror noturno.
Muitos desses medos têm ilusões ou fantasias em sua base: vê fantasmas ao fechar os olhos, vê fantasmas ou rostos horríveis que o aterrorizam; ilusão de que os outros falam sobre ele e acham que está louco; ilusão de que os outros observam sua confusão mental.
Por vezes, a descompensação adota a forma de desespero: desespero por curar-se, acredita que vai morrer, que tem uma doença incurável, que os outros não acreditam que está muito doente. Grandes ipocondríacos. A ansiedade hipocondríaca leva-o a ler livros de Medicina. Auto-Compassivo, agrava ao falar de seus próprios sintomas.
Sugestionável, por isso é profundamente afetado e agrava por más notícias, histórias tristes, injustiça. Sensível e afetado quando ouve sobre crueldades. A sensibilidade é tal que a excitação mental induze o reaparecimento da menstruação. A sensibilidade se manifesta também por um sintoma curioso: desejo de ser magnetizado.
Grande medicamento de convulsões e delírios. As crianças Carbônicas são as que mais facilmente fazem convulsões febris ( o papel do cálcio é fundamental em sua produção) , mas também convulsões puerperais e na hidrocefalia. O principal estímulo desencadeador de convulsões são os fatores psíquicos: medo, terror, cólera. As convulsões epilépticas são importantes e associam-se a sensação de haver algo subindo desde o epigástrio, ou indo do epigástrio ao útero, sensação de haver ratos na pele, etc. Os tremores quando aparecem, agravam pelo esforço muscular, ao levantar peso, pela luz natural ou artificial, pelo sol, depois do trabalho intelectual. Há sensação de tremor interior por medo ou emoções(Gelsemium)
Nítida incapacidade para reter e sustentar um esforço intelectual; tem a sensação de que perdeu toda atividade física.
Sua atividade intelectual é precária, penosa: aprende a compreender e realizar lentamente, por dificuldade de fixar a atenção; estafa-se rapidamente ao exigir ou executar suas manobras mentais(cansaço repentino produzido por todo o exercício mental). Por ser um policresto (medicamento muito estudado e rico de sintomas), pode também, em outro movimento miasmático ser inteligente e sacador.
Calcarea Carbonica  é muito utilizado nos transtornos  oriundos de preocupações constantes como: os negócios,fortes emoções, situações excitantes, indefinidas e desconhecidas.
Triste, melancólico e deprimido. Tendência a chorar constantemente, medroso e ansioso(pressentimentos ansiosos como se algo de ruim fosse acontecer). Perda do  gozo e prazer pela vida. Vê tudo negro.
“As Calcareazinhas Carbonicas são irritáveis e tristes, assustando-se com facilidade; não gostam de ficar sozinhas e têm medo do futuro. A ansiedade, a debilidade intelectual e a melancolia vêm associadas à palpitações e vertigens” (Kent).
Há um esgotamento cerebral, uma grande debilidade e incapacidade para trabalhar e pensar, com a sensação de que certamente o levará à loucura, medo da loucura. Esse estado de Calcarea Carbonica pode exacerbar-se com uma seqüências de complicações mentais como: impulsos de correr repetinamente, de subir e descer de uma escada, de pular de uma janela.
Idéias infantis: preocupação por detalhes e por coisa sem importância; o que para muitos parece insignificante, para ela é uma enormidade.
Desejos de ovos duros e de coisas não comestíveis como cal, gesso, lápis, terra, papel; bem como alimentos crus, arroz, legumes, macarrão, principalmente as crianças.
Aumento de gorduras na parede abdominal. Fígado sensível com dores pungentes. Estômago preguiçoso e lento, digere mal os alimentos ingeridos, permanecendo no estômago, provocando acidez. Sensação de inchaço e plenitude estomacal. Estômago com volume aumentado distendido e sensível. Arrotos ácidos.
Calcarea Carbonica sente frio a cada mudança de tempo. Catarro crônico com grande quantidade de crostas. Pólipos nasais e hemorragia nasal.
Palpitações ao menor exercício  físico. Palpitações na cama, com vertigens e sensação de desmaio. Pulso acelerado e débil.
Dores na região lombar, agravado pelo repouso, melhorando pelo calor.
Desvio da coluna vertebral, produzindo todas as condições reumáticas das extremidades.Afecções gotosas das articulações, estados gotosos dos dedos e das pequenas articulações.

Dinâmica Miasmática

Pré – psora:

Calcarea Carbonica vivia no éden em harmonia universal. Deus lhe dava segurança e proteção. Confiava em si mesmo: capacidade de auto-proteção. Neste momento de sua vida a concha divina o protegia, e vivia num amor divino em um mundo cheio de beleza, sabedoria, bondade, fartura, justiça, imortalidade etc.
Até Que......
Ato Equivocado
Falsos conceitos, idéias e desejos provocaram uma desagregação mental que, paulatinamente, atinge o seu corpo físico. Fechado em si mesmo(concha), nega apoio, proteção e segurança a seus irmãos do Éden.
Expulsão do Paraíso
É expulso do paraíso por não cumprir com os deveres do senhor. Perde o valor transcendente e é castigado. Deus na sua infinita bondade lhe dá um presente: uma carapaça de auto proteção, pois o Mestre não mais o protegeria e a partir daí, deveria cumprir as duras penas designadas pelo plano divino. Calcarea Carbonica recebe neste momento (terreno), o prêmio maior: A Psora.

Psora Primária

Pressentimentos ansiosos.
Espírito apreensivo como se algum infortúnio estivesse para acontecer a ele ou a outra pessoa, o que ele não poderia de maneira alguma superar.
Fechado em si e sem ninguém no mundo, pressente a desgraça.

Psora Secundária

Calcarea Carbonica na tentativa de explicar seus pressentimentos ansiosos e negros que o perturbam e o fazem padecer.
Nessa busca, aparecem os seguintes sintomas: ansiedade pelo futuro, exaltação da fantasia, necessidade de proteção.
Medo de enfermidade contagiosa, ansiedade por sua saúde, ilusão de que está enfermo, medo da morte, medo da pobreza, ansiedade pelos negócios, dúvida do bem estar de sua alma, medo de relatos de crueldade, medo de fantasmas, ilusão de que será assassinado, teme perder a razão, ilusão de que está enlouquecendo, tem piedade de si mesmo e os perigos do universo ameaçam sua vida. (auto proteção).

Sicose

Neste instante da vida, lutará com todas as forças com toda energia para evitar o reaparecimento de seus pressentimentos ansiosos que ela crê, não terem base na realidade, é inconsciente, parecem pertencer ao mundo da ficção, mas que para ela, tem a sensação de ser a própria realidade.
Deverá ocupar-se para evitar a desgraça, a pobreza, a doença, etc; será coerente, previnido, tenaz e frio.
Em sua labuta para evitar que seus pressentimentos reapareçam, vai trabalhar e ganhar muito dinheiro, terá boa saúde, posição social, acumulará todos os bens que a vida material possa lhe oferecer.
Calcarea Carbonica, luta para não perder o que acumulou. Através do trabalho, sendo industrioso, impaciente, perseverante e obstinado.
Através da precaução, tendo cuidado com tudo, preocupações, reservado, sério, gosta de ler livros médicos. Através do egoísmo é avaro, cobiça tudo, cleptomaníaco, daninho, enganador e trapaceiro.
Extremamente egocêntrico, crê não necessitar do auxílio dos outros; não precisa de ninguém e nem de nada que não sirva a seus objetivos de auto afirmação.
Esbanja dinheiro por ostentação. Alterna avareza à prodigalidade.
Atitude alegre para chamar a atenção dos outros e projetar sua imagem em prol de sua satisfação pessoal.
Defende-se do mundo exterior, com o enrijecimento de suas valvas de auto proteção.

Siphillis

Sentindo que seus pressentimentos realmente vão acontecer, e que não há como evitar aquela vida miserável que pressente, profunda-se em sua Siphillis surgindo a indiferença, o desânimo, a apatia e a misantropia.
Isola-se dentro de si e não tem esperanças de viver em um mundo melhor do que evidenciam os seus pressentimentos. Abatido, melancólico. Tristeza com disposição suicida, desejo de morrer. Aversão ao trabalho, tédio; indisposto a falar. Absoluto em seus pensamentos, como em um sonho. Ofende-se facilmente. Queixa-se de ofensas passadas. Ódio por pessoas que o tenham ofendido. Isola-se totalmente e profundamente no interior de suas valvas de auto proteção. Não conseguindo elaborar a pérola da felicidade e nem cumprir os mais altos fins de sua existência.

E aí, vai uma Calcarea Carbônica?

Patricia Jorge Alves
Terapeuta Homeopata
E
Hipnóloga Condicionativa













Nenhum comentário:

Postar um comentário

CANCRO, O MAL DO SÉCULO!

Começo minha explanação sobre o ser humano, onde fazemos parte da humanidade e somos compostos por órgãos que por sua vez, é...