terça-feira, 8 de julho de 2014

CARBO ANIMALIS




CARBO ANIMALIS

Carbo animalis ou carvão animal, é um medicamento introduzido na matéria médica por Hahnemann. O preparava colocando-o sobre  brasas um pedaço de couro de boi espesso, fresco, não curtido, deixando queimar até que não houvesse mais chama. Depois era retirado e prensado mantendo-o fora de contato com o ar. Após estar completamente frio, deve ser pulverizado. É com esse pó que se prepara as três primeiras dinamizações por triturações sucessivas em açúcar de leite e a partir daí se obtém as dinamizações mais elevadas por diluições sucessivas.


Carbo Animalis apresenta como base de sua ação geral um estado de astenia orgânica, depressão vital e adinamia, afetando principalmente as mucosas, tecido ganglionar, linfático e o sistema venoso, que congestiona e lentifica.
Está muito próximo de Carbo Vegetabilis e muitas vezes é necessário cuidado para diferenciá-los, entretanto Carbo animalis tem sua ação muito definida sobre os gânglios das axilas, virilhas, seios, testículos, glândulas parótidas etc.

Lentificação da circulação e vitalidade diminuída, ou nas pessoas idosas. Predisposição a ter a pele azulada; as mãos e os pés facilmente violáceos, com veias superficiais distendidas e se desenhando nitidamente em azul através da pele. A circulação e vitalidade estão diminuídas.

Indicaremos Carbo Animalis é quando temos uma grande debilidade da nutriz durante a lactação; o aleitamento a deixa tão enfraquecida que não pode falar. (Nash)

Hipertrofia ganglionar, os gânglios e as glândulas estão hipertrofiados e endurecidos.

Essa hipertrofia glandular é importante sobretudo ao nível dos gânglios axilares e inguinais; pode afetar as mamas, testículos e glândulas salivares. Tendência a tornarem-se duras como um tumor, com dores lancinantes, picantes e queimantes( Câncer). (Conium maculatum, Mercurius, Iodoformium, Flavus). As glândulas hipertrofiam e endurecem ao mesmo tempo que os tecidos a sua volta se infiltram e a pele adquire uma tendência violácea, indicando a obstrução da circulação capilar venosa. Por outro lado os gânglios hipertrofiados e duros como pedra não tem tendência a amolecer e supurar como em Hepar Sulphur, Mercurius ou Sulphur.
Tudo na Constituição de Carbo Animalis está muito lento, mas a inflamação é rápida e passiva. Pode sobrevir uma inflamação erisipelatosa, a pele torna-se azulada, violeta, há edema mantendo a impressão do dedo sem tendência a cura; as dores são intensas e queimantes na parte inflamada. Nos seios e útero também queimantes como carvão ardente.
Carbo Animalis leva a ulceração dos tecidos das glândulas, que abrem e supuram; a secreção é purulenta, sanguinolenta, e ao redor os tecidos estão endurecidos. Este é o remédio das úlceras e fístulas, cujo contorno é duro, as dores queimantes e a secreção é irritante; também das lesões cancerosas com esta características. (Kent)

Sensação de vazio, desfalecimento, na cavidade gástrica, que não melhora comendo. Cada vez que amamenta, tem uma sensação de vazio, desfalecimento, fraqueza, na cavidade gástrica e é obrigada a parar de amamentar (Kent).

O Indivíduo Carbo animalis, carvão animal, tende a não suportar companhia e a querer ficar só para meditar ou refletir. É um grande nostálgico, aonde sua tristeza não vem da solidão, vem das fantasias que surgem da solidão.
Apresenta alguns distúrbios: falta de energia e grande fraqueza, ocasionando dores de cabeça semelhante a um tornado, com sensação de que está despedaçada. Nos ouvidos tem dificuldade de perceber de onde vem o som, não pode dizer de qual direção vem o ruído, com a sensação de que tudo é estranho.
As mulheres apresentam afecções nos seios e útero. Menstruações longas e frequentes.


Sintomas chaves de Carbo Animalis:
 Ansiedade à noite;    
Tristeza querendo estar só;
Digestão fraca;
Fraqueza;
Náusea na gravidez.

Pela manhã, sente como se tivesse sido abandonado, cheio de nostalgia.
Timidez e tristeza; tudo parece tão triste para ela, que gostaria de chorar..... Inclinada a solidão, tristeza e introversão, quer apenas estar só o tempo todo e evita qualquer conversa.
Pensamentos sombrios e mau humor, que não se afastam, a respeito de coisas presentes e passadas, levando até o choro.
Sente uma angústia interna, com ansiedade tendo dificuldade para dormir.
Sua angústia faz com que se balance para frente e para traz em sua cadeira. (pessoas que ficam horas na cadeira de balanço desligadas do mundo sem querer falar com ninguém – absorta)
Inquietude e pressa (ansiedade).
Envergonhada e tímida.
Sente horror ao entardecer, a ponto de tremer e chorar.
Pensamentos de morte.
Desesperança, mal humor, fala a penas com repugnância.
Toma mal as coisas.
Irada e rancorosa. Não se pode fazer nada para agradá-lo(a).

As vezes disposta a chorar, outras abundantemente alegre. Involuntariamente assovia alto.
Fraqueza de memória; esquece palavras ao falar.
Os objetos na rua lhe parecem distantes, afastados, longes e mais brilhantes que o normal, se sente  como se estivesse numa cidade vazia, abandonada.
Estupefação, cabeça parece estar voando surgindo um medo ansioso de que possa cair inconsciente a qualquer momento.
Estupefação súbita, em vários momentos não via nem ouvia nada.
Debilidade, falta de energia e prostração.
Tendência aos infartos ganglionares, indurações e supurações.

É o remédio dos tumores que se transformam, se ulceram e tomam uma evolução maligna, particularmente indicado as pessoas idosas e débeis, com congestão venosa. Convém ao tratamento das afecções bronquiais crônicas, com vômitos e pus, tuberculose, sífilis, câncer e adenites.
Agrava pelo ar frio, melhora em um quarto quente. Vertigem ao levantar com náuseas. Audição, diminuída e confusa.
Fome canina. Sabor amargo na boca, arrotos que tem gosto dos alimentos ingeridos há muito tempo. Náuseas persistentes depois de comer, aversão a alimentos gosdurosos.
Ulcerações no colo uterino com corrimento purulento, fétido e sanguinolento.

Carbo Animalis é um dos remédios de ação profunda e duradoura. Seus transtornos chegam de modo insidioso e se desenvolvem lentamente, tornando-se crônicos.  Carbo animalis congestiona, endurece, inflama por uma debilidade venosa, principalmente nas pequenas veias. O processo inflamatório é extenso, paralisado e sem tendência a supurar-se como é o caso de Hepar Sulphur.
Todas as reações mentais ou orgânicas são lentas, não há nenhuma troca rápida, inclusive o processo inflamatório é passivo. As suas dores são de ardência e o prurido é intenso.
Eventualmente surgem ulcerações nos diversos tecidos. Quando as aberturas de úlceras e fístulas ocorrem com as paredes endurecidas e com secreção acre, Carbo animalis é frequentemente o remédio.
As afecções cancerosas como úlceras que ardem e como são rodeadas de tecido endurecido, infiltrado, de cor escura onde emana um líquido acre, purulento e fétido.
Mentalmente o remédio apresenta um caráter geral de coisa crônica, velha prolongada, onde as respostas são lentas e ocorrem num tempo longo.
O Indivíduo apresenta grande prostração, uma visível falta de energia vital, acompanhada de palpitação ansiedade e desordem de pulso. O quadro está associado a algo antigo, uma experiência ou um quadro de doença ocorrida há tempos atrás. Seus transtornos ligado ao lado venoso do coração, proporcionam batimentos nos pulsos, fortes ondas de calor.
Na Psora tudo é estranho, abandono.
Na Sicose inquietude, impaciência, avareza, egoísmo, desatenção, teimosia, obstinação , cólera.
Sífilis insociabilidade, fastio da vida, rancor, ofensa fácil, raiva , indiferença.

Carbo animalis o sentido de queimar-se ao fogo também compreende atingir o papel transformador, mas em Carbo animalis a queima se interrompe ao ser apenas calcinada. E se, a madeira calcinada em Carbo vegetabilis vem associada a fecundidade e a libido no sentido transformador, em Carbo animalis , o pedaço grosso do couro do boi traz o significado simbólico que o próprio boi representa arquetipicamente: o sofrimento, o sacrifício a aparência e o trabalho. Na sua calcinação, Carbo Animalis rompe a harmonia e perde o sentido de sacrifício com o trabalho, tornando-se desatento, impaciente, egoísta etc.
O sofrimento que a natureza aceita, transforma-se em algo inquieto, que o faz insociável e rancoroso.
Essas profundas modificações em seu ser não lhe permitem conhecimento da realidade que o cerca, colocando-a na situação de perceber que tudo é estranho, fato que leva a nostalgia psórica, fechando seu ciclo miasmático.

Patricia Jorge Alves
Terapeuta Homeopata
Hipnóloga Condicionativa



                             


PHOSPHORUS Phosphorus é um corpo simples da família dos metaloides, que extraímos dos ossos calcinados pelo processo...